Alzheimer, o doente e o cuidador

Tarefas como lidar com a dor, com a incapacidade, com o ambiente hospitalar e procedimentos especiais de tratamento, são tarefas de uma exigência tal que requerem necessidade de aprendizagem.

  

São múltiplas as implicações psicológicas que resultam da experiência informal de cuidar. O confronto com o diagnóstico de demência num familiar requer da parte da pessoa cuidadora tarefas adaptativas.

Tarefas como lidar com a dor, com a incapacidade, com o ambiente hospitalar e procedimentos especiais de tratamento, são tarefas de uma exigência tal que requerem necessidade de aprendizagem. Estas exigem a necessidade de preservar um equilíbrio emocional razoável, perante as perdas a enfrentar nomeadamente as do próprio familiar.

Neste sentido, preservar uma autoimagem satisfatória e a manutenção de um sentido de competência e de mestria, apresentam-se como tarefas essenciais.

Do ponto de vista da saúde mental são vários os autores que referem o stress, a ansiedade, e a depressão como as consequências diretas mais prevalentes nos cuidadores de familiares com demência.

A sobrecarga, ou o stress, oriundos da prestação de cuidados não são igualmente sentidos por todos os cuidadores, estando dependentes das características da personalidade, dos comportamentos do doente, do grau de parentesco com o doente, do sexo do cuidador, do suporte social, e das estratégias de coping utilizadas.”

Com estas palavras os coordenadores da coletânea Gerontologia e Transdisciplinaridade apresentam o artigo A Resiliência do Cuidador de Idosos com Alzheimer de Jadir Machado Lessa, Simony de Sousa Faria e Katia Rosilda Castro Teixeira. Os autores discutem as múltiplas circunstâncias que envolvem todo o processo de cuidar e a importância do desenvolvimento da capacidade de resiliência e de enfrentamento das pressões psicossociais do cuidador de idosos com doença de Alzheimer.

Veja abaixo todos os artigos que compõem o livro, uma produção internacional (Brasil/Portugal/Espanha) que já pode ser encomendada na Loja do Portal Edições. Reserve já seu exemplar. Esta é a melhor forma de adquirir conhecimento e contribuir com os esforços do Portal do Envelhecimento para levar até você as pesquisas mais recentes e significativas na área da gerontologia social.

Índice

Capítulo 1: Trans-gerontologia: Uma Abordagem Emergente
Vítor Fragoso e Margarida Sotto Mayor [Porto, Portugal]

Capítulo 2: Aprendizagem ao Longo da Vida e Inclusão Digital de Adultos Idosos
Rita Barros e Angélica Monteiro [Porto, Portugal]

Capítulo 3: A Intergeracionalidade no Cinema Norte-americano”
Beltrina Côrte, Fiama Zanini, e Luciana Mussi [São Paulo, Brasil]

Capítulo 4: Psicogerontologia – a Psicologia Analítica, o Envelhecimento e as Questões da Modernidade
Irene Gaeta, Leonardo de Mello e Maria Angélica Hayar [São Paulo, Brasil]

Capítulo 5: La Universidad como Puente entre Generaciones: Una Experiencia Intergeneracional de Coaprendizaje
Ana Navarro e Victoria Martín Cilleros [Salamanca, Espanha]

Capítulo 6: Salud Mental Positiva
Maria Teresa Lluch, Carlos Sequeira e Juan Francisco Roldán-Merino [Barcelona, Espanha; Porto, Portugal]

Capítulo 7: O Papel Terapêutico da Música nos Idosos
Arthur Neto [Rio de Janeiro, Brasil]

Capítulo 8: Desenvolvimento Cognitivo e Aprendizagem Ao Longo da Vida
Manuela Leite [Braga, Portugal]

Capítulo 9: A Resiliência do Cuidador de Idosos com Alzheimer
Jadir Machado Lessa, Simony de Sousa Faria e Katia Rosilda Castro Teixeira [Rio de Janeiro, Brasil]

 

PRÉ-VENDA: Loja do Portal Edições

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 279 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento